1 de agosto de 2010

Who is Salt?

Ação não é o meu tipo de filme, sou muito mais um suspense, um terror, uma comédia ou um romance.
Mas tá.. tudo bem... vamos lá... recebi um convite para assistir o filme e resolvi ir.
Então, expectativas iniciais para o filme? Nenhuma.

Uma curiosidade antes de entrar de cabeça no tema, o papel principal estava cotado para Tom Cruise (obviamente Salt seria um homem) mas caiu nas mãos de Angelina Jolie, que o fez muito bem feito.
Bom... vamos ao filme.

No poster se lia:

Who Is Salt?              Quem É Salt?

Essa é a pergunta chave.
E você lá sentado na poltrona é convidado a entrar na história para descobrir.
O filme começa mostrando que Evelyn Salt é uma agente da segurança americana que trabalha somente na parte burocrática da coisa, a qual inclui fazer interrogatórios. Um espião russo chega à CIA dizendo ter informações importantes e acusa Salt de ser uma espiã russa infiltrada.
Seria essa acusação verdadeira?
É aí que a tensão do filme começa. Como disse no twitter, é tensão até a última gota.
A direção do filme merece um bônus pelas cenas de ação que são de tirar o fôlego, destaque para  a câmera nervosa que acompanha as cenas nos deixando completamente perdidos. E a parte sonora do filme também é responsável por aumentar ainda mais a tensão, há momentos de silêncio agonizantes misturados a momentos em que a música de fundo te envolve e te deixa inquieto.
E o roteiro? Bem... esqueçamos do realismo ok? Afinal estes filmes não pretendem ser verossímeis.
Com um roteiro muito bem elaborado, aquele que está do lado de cá se envolve numa luta, será que ao torcer por Salt, eu estaria torcendo pela vilã? Afinal, quem é essa mulher? E muitas outras questões vão pipocando durante todo o tempo.
E a atuação? Angelina Jolie, sempre exuberantemente linda... não há palavras para descrever sua atuação. Com um ar de 'deixa-comigo-que-eu-sei-o-que-estou-fazendo' a atriz imprime à sua personagem um equilíbrio entre leveza, feminilidade e perigo, atuação primorosa. E não é difícil prever que o filme é dela e só dela.

Deste ponto em diante, há spoilers, caso não queira ler, pular esta parte.




A tensão no filme é crescente a cada virada da história, e a pergunta "Quem é Salt?" fica ali sempre presente a cada vez que uma das várias possíveis respostas aparecem. Seria Salt a mulher-aranha? Brincadeiras à parte, quem assistiu ao filme deve concordar que todas as reviravoltas foram bastante críveis e cabiam em cada espaço em que entraram.
Por fim descobrimos que Salt era acima de tudo, uma humana, embora tenha sido criada com o propósito de servir ao serviço de espionagem, Evelyn era uma mulher e não um boneco manipulável.
O filme segue resolvendo e complicando a história até chegar ao fim, se é que podemos chamar aquilo de fim, melhor considerar como um reles intervalo, esperemos pela continuação onde veremos Evelyn Salt quebrando tudo em busca de vingança pela morte de seu marido. 





Já é seguro ler a partir daqui!
  


Então... eu, Gutt, indico Salt para aqueles que gostam de um bom filme de ação, com direção, roteiro e atuação de qualidade. E para aqueles que não gostam, não custa nada dar uma chance.
Vale avisar que se você é aracnofóbico como eu, muito cuidado, você pode passar por maus bocados no meio do filme.

Corra ao cinema mais próximo e tenta resolver o enigma, "Who is Salt?"



A respeito das mudanças no blog, aguardem.
Na próxima semana os primeiros posts de Jayzinha e Lukí.
Participe, dê seu pitaco, mande sugestões, a caixa de comentários, nosso twitter e o email efeitocubo@gmail.com estão à sua disposição! 


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails